20 Anos de Igreja Betesda
Betesda
Igreja Betesda

O que são pequenos grupos de Koinonia

P.G.Koinonias

1) O que são Pequenos Grupos? PGs são grupos de 3 a 15 pessoas, que se reúnem de forma regular, preferencialmente nas casas, para meditar na Bíblia, aprofundar seu relacionamento com Jesus e com as pessoas do grupo. Embora a regularidade dos encontros seja definida pelo grupo, o ideal é uma reunião semanal.

2) A receita básica de um PG saudável

2.1) Meditação Bíblica – o Pequeno Grupo tem por alvo ser um instrumento para o crescimento mútuo de seus membros e a Bíblia é a fonte, é o alimento.

2.2) Comunhão – a Bíblia fala muito da necessidade que temos de comunhão uns com os outros. Para atingir este alvo precisamos ter em mente principalmente quatro coisas:

> Oração – Tiago 5:13-18 , Filipenses 4:4-8

> Levar as cargas uns dos outros – Gálatas 6:2

> Encorajamento – I Tessalonicensses 5:14 , Hebreus 10:24

> Confrontação – Gálatas 6:1 , Mateus 18:15-20

3) Serviço – é um dos traços de maturidade do PG; o grupo deixa de olhar apenas para si e se volta para servir os outros.

4) Evangelismo – Levar para o Caminho os que estão a caminho, e torná-los verdadeiros seguidores de Jesus é nossa missão. Todo PG deve ter uma cadeira vazia na esperança de que na próxima semana ela esteja ocupada por alguém que será convidado, e então, uma outra cadeira voltará a ser colocada.

3) O que teremos sem Pequenos Grupos?

3.1) Pessoas que não serão bem pastoreadas Nas palavras do Pr. Ed René Kivitz, a igreja sem Pequenos Grupos “é incapaz de pastorear, instruir e mobilizar seus freqüentadores, uma vez que fica dependente basicamente dos seus eventos, seus ministros profissionais e sua estrutura.”

3.2) Pessoas que não receberão ensino adequado Não é possível instruir o povo somente com a mensagem do púlpito. Prova disto é a superficialidade da maioria dos crentes.

3.3) Pessoas que continuarão com a vida cristã medíocre. Não havendo Pequenos Grupos fica difícil a comunhão, a confrontação e o desafio para uma vida séria e comprometida com Deus e seu reino. Conseqüentemente teremos pessoas sem compromisso coma igreja.

4) Algumas razões para termos Pequenos Grupos David Kornfield, em seu livro “Implantando Grupos Familiares” sugere algo que adaptamos da seguinte forma:

4.1) Pequeno Grupo Gera envolvimento pessoal.

A pessoa deixa de ser um mero expectador e entra no estudo, participa e aos poucos ganha confiança para compartilhar suas lutas e dificuldades.

4.2) Pequeno GrupoGera comunhão

É impossível cumprir os mandamentos recíprocos – os uns aos outros – quando tanto “um” como “outro” só se encontram no domingo.

4.3) Pequeno GrupoGera evangelização

É muito mais fácil você convidar alguém para vir a sua casa do que ir para uma igreja. Num Pequeno Grupo “cada convertido se torna um missionário e cada lar uma agência missionária”.

4.4) Pequeno GrupoGera integração

Muitas vezes uma pessoa se converte ou vem por transferência de outra igreja e tem dificuldade de se relacionar. Se ela é encaminhada para um PG a integração dessa pessoa se torna muito mais fácil.

4.5) Pequeno GrupoGera ensino prático e relevante

No culto a pessoa ouve o sermão mas não tem oportunidade de fazer perguntas, uma vez que é apenas ouvinte. No PG ela pode perguntar: o que o estudo tem a ver com o meu dia-a-dia.

4.6)Pequeno Grupo Gera líderes

No PG vão surgir líderes que não teriam espaço ou oportunidade num grupo maior. Vamos ter boas surpresas aqui. Procure líderes no lugar certo, isto é, em pessoas.

Betesda Anápolis - Igreja Betesda de Anápolis - Lugar da Misericórdia Divina
Rua D-18, Quadra 22 Lote 7 Casa 2 - Cidade Jardim
Anápolis - GO - Atrás do Posto Petrobras

contato@betesdaanapolis.com.br - 62 3311-1938